Menu

Corretor de CFD

AvaTrade  Admirals

XTB  IG

Pepperstone  

Rede social

ZuluTrade  darwinex

Criptomoedas

Binance  Coinhouse

Bitpanda

Conta financiada

Darwinex Zero  FTMO

E8  The 5%ers

City Traders Imperium  

Conceitos-chave de uma boa estratégia de trading

Conceitos-chave de uma boa estratégia de trading

As bases

Uma atividade de trading bem-sucedida é construída sobre bases sólidas. Muitos cometem o erro de assumir que uma estratégia de trading complicada é sinónimo de trading eficiente e de grandes lucros, mas muitas vezes não é esse o caso. Nenhum trader, seja qual for o seu nível, será bem sucedido se não dominar as bases. Se não dominar as dicas seguintes, os seus dias de trading terminarão antes mesmo de começarem.

  • Escolha cuidadosamente os seus fundos - Antes de depositar fundos na sua conta, deve refletir sobre o capital que está disposto a arriscar. Os investidores bem sucedidos raramente arriscam mais de 2% dos seus fundos numa única posição - a maioria fica satisfeita com 1%. Reserve fundos com base nesta regra geral, mesmo que a sua estratégia de investimento pareça muito eficaz, e esteja preparado para sofrer perdas, mesmo que os melhores momentos sejam difíceis.
  • Comece com pouco - Não só em termos de capital, mas também em termos de âmbito. É muito mais fácil concentrar-se em algumas acções e compreendê-las à medida que se vai orientando, do que tentar seguir 20 oportunidades de trading em simultâneo. Para começar, escolha duas ou três acções que se enquadrem na sua estratégia de trading, por exemplo, e mantenha-se fiel a elas até se sentir confortável.
  • Eduque-se - Obviamente, é importante ter um bom conhecimento das estratégias de investimento e das acções que está a utilizar, mas os investidores também precisam de se manter actualizados sobre a indústria como um todo. Siga as notícias do mercado e os comunicados económicos relevantes, tais como anúncios de ganhos ou relatórios de perspectivas económicas.
  • Tempo - Para além de programar corretamente as suas transacções como parte da sua estratégia de trading, tenha cuidado com a hora do dia. As horas de abertura e fecho são frequentemente acompanhadas por uma volatilidade que é difícil de compreender sem experiência e pode levar a grandes perdas para os principiantes. Comece por esperar cerca de vinte minutos até estar pronto.
  • Prática - A maioria dos brokers oferece contas de demonstração, que podem ser excelentes ferramentas para se familiarizar com os princípios básicos da negociação e com plataformas específicas. A sua utilidade vai muito para além disso, pois permitem-lhe pôr em prática novas estratégias de trading ou aperfeiçoar as já existentes sem qualquer risco financeiro.
  • Leve-o a sério - É pouco provável que obtenha lucros significativos dedicando uma hora por dia ao seu trabalho. Provavelmente, precisará da maior parte das horas de um dia de trabalho para detetar, identificar e aproveitar as oportunidades de mercado com bastante rapidez.
  • Distanciamento - Dados os riscos associados ao trading, é essencial não deixar que as emoções comprometam a sua estratégia. Escolha a sua estratégia de investimento, planeie as suas transacções e mantenha-se fiel a elas; nunca deixe que a ganância ou o medo o impeçam de desistir de uma transação falhada.

Conceitos-chave

A escolha de um ativo é tão importante como a escolha de uma estratégia de trading, com implicações significativas se for feita de forma incorreta. Três conceitos-chave influenciam o número de oportunidades disponíveis, o seu potencial de lucro e o seu risco de perda. Nenhum trader pode ser bem sucedido sem uma sólida compreensão da volatilidade, liquidez e volume.

  • Volatilidade - Uma faca de dois gumes, mas lucrativa. Uma maior volatilidade é caracterizada por intervalos de preços mais amplos num determinado período e resulta em maiores movimentos de preços. Isto permitir-lhe-á obter maiores lucros em transacções bem sucedidas, mas maiores perdas em transacções mal sucedidas.
  • Liquidez - Facilita a obtenção de maiores lucros, permitindo-lhe entrar e sair de acções a preços atractivos. A elevada liquidez traduz-se frequentemente em spreads mais baixos, pelo que menos dinheiro é desviado para os mercados, e em baixa slippage, pelo que o preço apresentado é aquele a que a sua ordem corresponde.
  • Volume - Uma consideração importante para todos os investidores e todas as estratégias de investimento. O volume indica a quantidade de um ativo negociado, muitas vezes sob a forma de volume médio diário de trading. O volume normalmente indica o interesse numa ação ou par de moedas, por exemplo.

A nossa seleção de brokers de CFD

CFD Brokers Plataformas Regulamentado pela Abrir uma conta de demonstração
MetaTrader 4 e 5
AvaOptions
ASIC, CBFSAI, FRSA, BVI FSC, FSCA, JFSA, OCRCVM AvaTrade
xStation 5 FCA, KNF, CySEC, BIFSC, CNMV, DFSAXTB
MetaTrader 4 y 5
cTrader
TradingView
FCA, ASIC, CySEC, BaFin, DFSA, SCB, CMAPepperstone
MetaTrader 4 et 5
Markets Webtrader
FCA, BaFin, ASIC, FINMA, FSCA, MAS, FMA, DFSA, JFSA, CFTCIG
MetaTrader 4 e 5 FCA, ASIC, CySEC, JSC, OCRCVM, FSCAAdmirals
ASIC: Austrália, BaFin: Alemanha, BIFSC: Belize, BVI FSC: Ilhas Virgens Britânicas, BACEN e CVM: Brasil, CySEC: Chipre, CNMV: Espanha, CMVM: Portugal, CSSF: Luxemburgo, CFTC: EUA, CBFSAI: Irlanda, CMA : Omã, DFSA: Dubai, FCA: Reino Unido, FINMA: Suíça, FSPR - FMA: Nova Zelândia, FRSA: Abu Dhabi, FSA: Seychelles, FSCA: África do Sul, JFSA: Japão, JSC: Jordânia, KNF: Polônia, MAS: Singapura, IIROC: Canadá, SCB: Bahamas, VFSC: Vanuatu
A negociação de CFD envolve um risco significativo de perda, pelo que não é adequado para todos os investidores. 74-89% das contas de pequenos investidores perdem dinheiro a negociar CFDs.

6 estratégias de trading populares

1. Rutura

A estratégia de trading breakout envolve a análise de níveis específicos entre os quais o preço salta repetidamente, formando um canal delimitado por um nível de suporte na parte inferior e um nível de resistência na parte superior. Quando o preço sai deste canal, a volatilidade tende a aumentar e o preço continuará provavelmente a seguir a nova direção durante algum tempo.

As rupturas são frequentemente o ponto de partida para grandes movimentos e tendências de preços, oferecendo grandes oportunidades de lucro. Quanto mais níveis de suporte e resistência forem atingidos sem serem violados, mais são validados e mais provável é que uma fuga continue na próxima vez que forem violados.

A escolha do ativo certo é importante para esta estratégia de trading; tente olhar para o histórico do instrumento para ver com que frequência os canais se formam e se os rompimentos tendem a ser bem-sucedidos.

Assim que o canal for violado, o investidor deve abrir uma posição no ativo. Se o preço fechar acima do nível de resistência, deve ser aberta uma posição longa. Da mesma forma, se o preço fechar abaixo de um nível de suporte, o investidor deve assumir uma posição curta no ativo.

Planeamento da saída

Nas estratégias de fuga, os pontos de entrada e saída devem ser cuidadosamente planeados. Os dados recentes sobre o ativo são um guia útil para a previsão, particularmente a largura do canal ou o tamanho médio da oscilação do preço. Por outras palavras, se os canais recentes tiverem oito pontos de preço de largura, deve planear a realização de lucros sete ou oito pontos acima do nível de resistência anterior ou abaixo do suporte anterior.

Quando ocorre uma quebra de alta, o antigo nível de resistência torna-se frequentemente o novo nível de suporte, e vice-versa para quebras de baixa. No entanto, os rompimentos podem falhar, e a maneira mais fácil de ver isso é ver o preço fechar dentro do canal antigo depois de iniciar um rompimento.

Infelizmente, definir uma stop no nível antigo não é suficiente para evitar perdas de um breakout falhado. De facto, uma breakout testa frequentemente o nível de resistência antigo e colocar uma paragem diretamente nesse nível resultaria provavelmente numa saída prematura e numa perda de lucros. Pode ter mais hipóteses de ganhar uma transação colocando uma paragem mais confortavelmente dentro do canal antigo, embora isso resulte em maiores perdas se a fuga falhar.

Note-se que estas estratégias de trading requerem uma análise técnica cuidadosa.

2. Scalping

O scalping é uma das estratégias de trading menos simples, que envolve tirar partido de pequenos movimentos de preços utilizando volumes maciços. Os "scalpers" geralmente compram e vendem instrumentos muito rapidamente, normalmente assim que uma transação se torna lucrativa.

O scalping é exatamente o oposto da filosofia "o tempo no mercado é melhor do que o timing no mercado". Pelo contrário, é utilizada uma estratégia de saída rigorosa para limitar as perdas e vender em períodos muito curtos.

O scalping de opções pode ser uma forma emocionante de negociar, embora seja uma das estratégias de trading mais arriscadas que funciona, pois requer altos níveis de concentração, resistência e disciplina.

Os scalpers lucram mais com activos altamente voláteis e líquidos, uma vez que os spreads e a slippage anulam facilmente os pequenos ganhos por ação que obtêm.

3. Momento

O "momentum" é uma estratégia de investimento popular, particularmente entre os investidores principiantes, porque o seu princípio é simples. Envolve saltar para o comboio quando a popularidade de um instrumento aumenta, levando a uma forte tendência de subida, e depois vender no seu pico. Os investidores podem avaliar a volatilidade recente e o volume de transacções de um ativo em alta para determinar quando a sua dinâmica está a abrandar.

Uma abordagem comum para identificar as principais tendências de subida consiste em seguir as notícias e os relatórios das empresas, utilizá-los para detetar tendências e abrir uma posição quando a dinâmica é forte. Há também uma série de ferramentas disponíveis para ajudar a estratégia de trading de impulso, incluindo o RSI de dois dias e a divergência de convergência de média móvel (MACD).

O outro lado do trading de impulso é chamado de desvanecimento da queda de preços, que envolve a venda a descoberto de um instrumento quando a sua tendência de alta começa a vacilar. A posição é então fechada após a queda, quando o preço cai novamente.

4. Investir em notícias

O investimento em notícias económicas é uma estratégia popular que não utiliza a análise técnica para investir em notícias. Esta estratégia fundamental pode ser utilizada tanto para o trading intradiária como para o investimento a longo prazo. O princípio é simples: os preços e os mercados movem-se em resposta a anúncios de notícias importantes.

O FSTE, por exemplo, é constituído por uma série de bancos e instituições financeiras. Por conseguinte, se antecipar um anúncio da UE afirmando o controlo sobre a liquidez na sequência do Brexit, poderá ser capaz de prever a evolução do valor das acções dos bancos britânicos.

5. Reversão

A maioria das estratégias de trading evita as inversões, uma vez que estas provocam o fracasso da tendência e reduzem os lucros. No entanto, alguns traders utilizam-nas em seu proveito, prevendo inversões e planeando as suas transacções em torno delas. O trading de reversão é por vezes referido como reversão à média.

As inversões de tendência são extremamente difíceis de prever, caso contrário, a maioria dos investidores regulares não seria apanhada. O momento da inversão não é a única coisa que precisa de ser prevista com precisão, uma vez que a força da inversão desempenha um papel importante na rentabilidade de uma transação. Um método de previsão de reversões é conhecido como a técnica do sushi roll, desenvolvida por Mark Fisher. Existem também ferramentas como as Bandas de Bollinger, que podem ser combinadas com o MACD para identificar inversões.

O trading de reversão é altamente complexo e requer um conhecimento profundo do mercado e muita experiência. Trata-se, por conseguinte, de uma estratégia de trading difícil e arriscada para os principiantes.

6. Pontos de pivô diários

Esta estratégia de trading é a mais longa das estratégias de trading intradiário e centra-se na volatilidade líquida do dia. O princípio é identificar o preço mais baixo do dia e abrir uma posição longa. Quando o ativo atinge o máximo do dia, a posição é fechada e a volatilidade do dia é utilizada. A dificuldade reside na identificação destes máximos e mínimos.

Os pontos de pivô são uma ferramenta útil nesta estratégia, uma vez que dão uma indicação da direção geral do preço do dia e ajudam a identificar picos e depressões. Os pontos de pivô também são úteis para uma série de outras estratégias, incluindo breakout e trading de tendências.

Gestão do risco

As perdas são previsíveis; nenhuma estratégia de trading é 100% eficaz, caso contrário toda a gente a usaria e os mercados cairiam. A chave para um trading rentável é ganhar mais transacções do que perder e garantir que os seus ganhos são superiores às suas perdas.

Limitar as perdas é particularmente importante para os operadores de margem, cujas estratégias dependem dos corretores para aceder a mais mercados e a posições maiores. Embora o potencial de lucro seja maior, o risco e o tamanho das perdas são mais significativos.

Limite de perdas

As ordens de paragem de perdas são ordens de mercado que fecham automaticamente as posições abertas num momento pré-determinado. São utilizadas para travar perdas desnecessárias e para controlar os níveis de exposição ao risco de cada transação.

No caso de uma posição longa, os investidores podem colocar uma paragem de perda abaixo de um mínimo recente, o que evita que uma fuga inversa conduza a grandes perdas. Para posições curtas, o stop-loss pode ser colocado acima de um máximo recente. Além disso, algumas estratégias de trading da NSE, por exemplo, colocam stop-loss de acordo com os níveis de volatilidade.

Uma abordagem comum é colocar dois stop-losses diferentes. O primeiro é um stop-loss físico a um nível predeterminado, ditado pela estratégia de trading que está a ser seguida. A segunda paragem de perda é mental, colocada num ponto que significa que os critérios de entrada foram violados por uma inversão inesperada do preço.

Tamanho da posição

O tamanho da posição é outro elemento importante das estratégias de trading. Se combinar stop-losses bem colocados com um cálculo simples, nunca perderá mais do que uma parte previsível e gerível do seu capital se a sua estratégia de trading falhar.

Uma técnica comummente aplicada por muitos investidores de sucesso é o método do 1%, assim chamado porque não pode perder mais de 1% dos seus fundos numa determinada transação. A sua posição stop-loss deve ser ditada pela estratégia de trading que está a utilizar e, uma vez escolhida, o tamanho da posição pode ser calculado.

  1. Encontre a diferença entre o preço de entrada (E) e o preço de paragem de perda (L) para determinar o risco por ação (r) r=E-L
  2. Divida 1% do seu capital (C) pelo risco por ação para determinar o tamanho máximo da posição (S) S= (C×1⁄100)/r=(C×1⁄100)/(E-L)

A relação entre este cálculo e a alavancagem na negociação com margem é muitas vezes uma fonte de confusão. A alavancagem é selecionada após este cálculo para lhe permitir abrir a posição se for maior do que o montante de capital na sua conta.

Para garantir que cada ganho é tão grande quanto possível, verifique se existe volume suficiente no mercado na altura para aceitar o tamanho da sua posição. Se a posição for demasiado grande e não houver volume suficiente, ocorrerá derrapagem.

Instrumentos de trading

Estratégias de trading de Forex

O trading de Forex tende a ser mais arriscado e de curto prazo, devido aos elevados níveis de volatilidade que acompanham o trading de divisas. Com uma vasta gama de pares principais, secundários e exóticos disponíveis, existem pares para investidores com gosto pelo risco e que não necessitam de uma grande base de capital. Todas as estratégias de investimento acima referidas podem ser aplicadas aos mercados cambiais.

Estratégias de trading com criptomoedas

As criptomoedas ganharam rapidamente popularidade e fama desde a sua criação em 2009. Felizmente, qualquer pessoa pode lucrar com os mercados de criptomoedas, mesmo que não tenha conhecimentos de blockchain, a tecnologia complexa por detrás de criptomoedas como a Bitcoin, e não tenha esperança na sua viabilidade a longo prazo. Use as estratégias de trading acima para tentar lucrar com os movimentos do mercado.

Estratégias de investimento em acções

Os mercados de acções são extremamente populares e são negociados em grandes volumes, tanto por investidores individuais como por grandes empresas. Existem muitas outras estratégias que são especificamente úteis para o investimento no mercado de acções, como os crossovers de média móvel, que analisam as alterações em diferentes médias móveis para gerar pontos de entrada e saída ao longo do dia.

Estratégias de índices

Os índices do mercado de acções são um conjunto de títulos, tais como acções ou mercadorias, que são agrupados e especulados. Os índices mais conhecidos incluem o FTSE 100 e o S&P 500, que medem o desempenho das 100 maiores empresas do Reino Unido e das 500 maiores empresas dos EUA, respetivamente. Os índices são frequentemente bastante estáveis e tendem a subir de forma constante a longo prazo. Embora sejam geralmente o domínio dos investidores a longo prazo, uma estratégia de trading a curto prazo também pode ser adequada para os índices.

Estratégias de trading de CFDs

Os CFDs são um instrumento popular e muito simples. Os investidores apostam essencialmente na direção do movimento dos preços durante um determinado período, trocando a diferença de preços no final com o corretor. O seu conceito simples e o facto de não necessitar de possuir quaisquer activos são atractivos para alguns. Mais uma vez, os CFDs estão disponíveis na maioria dos principais mercados financeiros.

Estratégias de trading automatizadas

Embora não seja tecnicamente uma estratégia de trading propriamente dita, o trading automatizado é amplamente utilizado pelos investidores. A automatização tem várias vantagens, incluindo reacções mais rápidas, protocolos rigorosos e ausência de emoções. Além disso, uma vez escritos, os robots são tão fáceis de utilizar que qualquer pessoa os pode usar. Os robots de trading automatizados podem ser encontrados online ou escritos por si; muitos corretores oferecem agora APIs e ferramentas de scripting para implementar os seus próprios robots de trading.

Estratégias de copy trading

Os serviços de copy trading tornaram-se cada vez mais populares nos últimos anos. Estas ferramentas simples permitem aos principiantes reproduzir nas suas próprias contas as posições e estratégias de traders bem sucedidos. O copy trading está disponível para forex, acções, criptomoedas e muito mais. Estão disponíveis soluções gratuitas e pagas. A maioria dos principais corretores também lista os melhores fornecedores de copy trading, pelo que é fácil encontrar um master trader que corresponda ao seu estilo e objectivos.

Material didático

Vídeos

Os vídeos são uma ferramenta de aprendizagem atractiva, que utiliza uma combinação de explicações sonoras e visuais para ajudar a explicar as estratégias e ferramentas de trading. Muitos corretores oferecem agora a sua própria seleção de vídeos úteis, que podem normalmente ser encontrados no seu sítio Web e no YouTube.

Blogues

Algumas pessoas gostam de aprender com a experiência dos outros, e é aqui que os blogues são muito úteis. Existe um grande número de blogues, desde pequenos investidores a traders famosos e experientes. Os blogues são geralmente gratuitos e fornecem muitas vezes pepitas de ouro ou ajustes inteligentes a estratégias de trading comuns.

Fóruns

Tal como os blogues, os fóruns são utilizados por muitos traders para partilharem as suas experiências e conhecimentos. No entanto, os fóruns são mais um fórum de discussão, permitindo que os leitores façam e respondam a perguntas. Embora úteis, os fóruns têm frequentemente um espaço limitado, o que significa comprometer a complexidade da estratégia ou o pormenor da explicação.

PDF

Ideais para listas pormenorizadas, tais como "20 melhores estratégias de day trading para mercadorias do Reino Unido", os PDF são frequentemente fáceis de seguir e de encontrar, e muitos aparecem após uma rápida pesquisa no Google. Pode encontrar PDFs para principiantes e operadores avançados, PDFs sobre estratégias extremas, soluções para diferentes sistemas e métodos, para utilizar modelos de ação de preços e muito mais. O download de um PDF é geralmente gratuito e útil para seguir os seus próprios gráficos de velas e indicadores.

Livros

Os livros de trading podem preencher as lacunas dos PDFs, blogues e fóruns, combinando acessibilidade e alcance com um nível incrível de pormenor e explicações bem escritas. Se não quiser uma cópia física, a maioria dos livros vem com um livro eletrónico. Os livros vão desde conceitos gerais e filosofias de trading até informações específicas e detalhadas sobre a criação de uma estratégia de trading para petróleo bruto ou ETFs alavancados, por exemplo.

Cursos online

Para quem prefere uma aprendizagem estruturada acompanhada de gráficos e animações úteis, os cursos de formação em linha podem ser exatamente o que precisa. Muitos sítios Web oferecem atualmente cursos sobre estratégias, instrumentos e ferramentas de trading. Enquanto alguns são gratuitos, outros podem ser caros. No entanto, vale a pena referir que alguns corretores começaram a oferecer os seus próprios cursos de formação aos seus clientes. É possível encontrar cursos sobre quase todas as estratégias, desde estratégias de cruzamento de médias móveis a estratégias de equilíbrio.

Uma palavra final sobre estratégias de trading

Existem muitos tipos de estratégias de trading, e este artigo apresentou algumas das mais populares e mais fáceis de implementar. Existe também uma grande quantidade de informação online para encontrar novas estratégias, dar dicas úteis e ajudar na gestão do dinheiro. Embora muitas pessoas reivindiquem o título, não existe uma única melhor estratégia; cada uma é adequada a diferentes operadores, activos e mercados.

Perguntas mais frequentes

É possível ganhar a vida com o trading?

É possível ganhar a vida com estratégias de trading. Existe uma longa lista de exemplos de sistemas manuais e automatizados disponíveis online. Há uma grande quantidade de dicas e estratégias disponíveis sob a forma de vídeos e ficheiros PDF, que vão desde o day trading em índices até ao investimento a longo prazo em ouro.

Todas as estratégias de trading são quantitativas?

Não, as estratégias de trading podem centrar-se em muitas coisas diferentes, e muitas delas dependem de ferramentas de gráficos. Por exemplo, uma estratégia pode utilizar os cruzamentos de três médias móveis simples diferentes até 20 dias para informar as suas transacções. Muitas estratégias de trading baseiam-se em eventos mundiais, notícias e comunicados económicos.

Que instrumentos podem ser utilizados para o trading?

O trading pode ser utilizado em qualquer instrumento financeiro transaccionado durante o dia. Isso inclui ações, futuros, criptomoedas e ETFs, para citar apenas alguns. No entanto, cada tipo de instrumento tem características diferentes, sendo alguns mais adequados para o trading do que outros.

Qual é a melhor estratégia de trading?

Apesar dos PDFs e dos sítios Web que afirmam ter revelado as melhores estratégias de trading, tal não existe. Todas as estratégias têm diferentes vantagens e desvantagens e são adequadas para diferentes traders. A viabilidade e a rendibilidade de uma estratégia podem depender da tecnologia disponível, da apetência pelo risco, da base de capital, dos conhecimentos de codificação e dos mercados disponíveis.

Que outras estratégias de trading existem?

Existe um número infinito de estratégias de trading. Para além das cinco estratégias descritas acima, existem estratégias de cobertura e de spread. Uma estratégia de trading simples utilizando as Bandas de Bollinger e o MACD, por exemplo, funcionará bem para alguns, enquanto outros utilizarão algoritmos estatísticos complexos baseados em dados de sete dias atrás. As estratégias podem ser combinadas e aperfeiçoadas à vontade.